Contador Grátis Erik Têndoro Blog: Agosto 2009

12 de agosto de 2009

Bom Crente, Bom Pregador, Bom Pastor.




Bom Crente, Bom Pregador, Bom Pastor.



Bom Crente: Eu acredito firmemente que existem muitos, porém não é maioria, acredito que não estão nos púlpitos, mas sim misturado a multidão, não vão à igreja a procura de posição, amizades ou mostrar alguma coisa, são movidos pelo Espírito de Deus. Tem olhar sem maldade, não julga ou maquina mal contra ninguém. Sempre tem uma palavra de animo e esperança, não é oportunista e não esta se oferecendo para tudo em todo tempo. Vive em constante oração, pela igreja pelo pastor, obreiros e departamentos da igreja, têm cada membro da igreja como amigo, companheiro, e não como adversários e inimigos. Certamente esse tem o seu lugar no céu.



Bom Pregador: Humilde no tratar com as pessoas, testemunho de cristão autentico, membro a um bom tempo na mesma igreja, obediente quanto a horários, ético com os costumes de cada igreja, e preparado para ministrar e principalmente que pregue Jesus Cristo como Salvador.


Bom Pastor: Todos sabem que o bom pastor é Jesus, porém no plano material nós temos os lideres que normalmente são chamados de pastores. O bom pastor deve se inspirar em Jesus e tentar ao máximo seguir suas características como: Amar, Cuidar, Entender, Consolar, Alimentar, Sarar, Ensinar entre outras. Não é nada fácil, por isso me assusto, com o grande número de pastores dentro das igrejas, acredito que deveria haver muito mais rigor quanto a seleção desses homens, aja vista, que pessoas com essas qualidades, não se acha em qualquer esquina. Se encontrar alguém com todas essas qualidades pode ser um pastor, e se esse homem ainda for crente, melhor ainda (risos).
Deus abençoe
Forte abraço
Erik Rafael Tendoro
eriktendoro.blogspot.com
Related Posts with Thumbnails

3 de agosto de 2009

Tipos de pregadores




Mal humorado: Normalmente toma o altar, olha feio para igreja engrossa a voz, costuma esmurrar o altar, é fanático em corrigir a igreja, é fácil confundir usos com doutrina bíblica. Há quem tem medo de sentar nas primeiras cadeiras perto dele, Ora muito para Deus revelar pecados na igreja.




Não me toque: Esse é metido mesmo, acha que só ele sabe pregar, costuma usar o tempo de pregação para contar vantagens, fácil de humilhar os outros, e vive contando como Deus o usou em todos os lugares. Costuma não ficar muito no mesmo ministério, mexeu como ele, ele dá no pé.


Cansativo: A sua mensagem é uma martírio, prega sempre no mesmo tom, prega coisas obvias, sempre o mesmo arroz com feijão, prega sem tema e fora da leitura bíblica, costuma rodar , rodar e rodar e não chegar a lugar nenhum, é a famosa mensagem espada, chata e comprida, acaba o culto tarde com os irmãos loucos para irem embora.


Preguiçoso: Do jeito que vem vai, não se prepara, empurra qualquer coisa garganta abaixo da igreja, se perde em testemunhos que muitas vezes a igreja nem entende, entra em detalhes que não interessam como nomes, hora da chegada, carro que foi buscá-lo, preço do feijão, valor da tarifa do coletivo e etc. Somando tudo não dá 10 minutos de bíblia.


Copia pirata: Viciado em ouvir mensagens de pregadores famosos antes de pregar, não busca revelações de Deus, ele busca a copia das colocações de outros pregadores, pirateia os chavões, os gritinhos, tom de voz e até os testemunhos, com 5 minutos de mensagem você já sabe quem ele imita, Ele não é autentico, vive fora da sua realidade, tenta mostrar o que na verdade ele não é, embora possa até ter uma chamada de Deus, falta achar o seu ministério pessoal.


Movido a dim dim: Esse tipo é ilustre, não é para qualquer um, ele tem que ter em primeiro lugar fama, ser uma espécie de ícone gospel, existem vários deles, os das igrejas show, os televisivos os que dominam o radio, mas todos barganham muito, vende de tudo para todos, vende de livros até viagens em cruzeiros e alguns são donos de igrejas empresas, igrejas que como eles não são movidas pelo poder de Deus e pelas almas e sim movidas pelas entradas de ofertas, sacrifícios e venda de objetos santos, o pior, são os que mais populares.

Existem outros tipos de pregadores, mas acredito que esses são os mais comuns, não gosto de criticar pessoas e sim quero despertar, criar uma oportunidade, para refletirmos e descobrirmos que pastores, crentes ou pregadores nós somos.
Certo é, ministrar a palavra, ser o porta voz de Deus, é uma responsabilidade muito grande, diante de Deus a igreja e os homens, toda dedicação ainda é pouca diante de tal tarefa.

Deus abençoe
Erik Rafael Tendoro
eriktendoro.blogspot.com
eriktendoro@hotmail.com
Related Posts with Thumbnails

Pesquisar no blog