Contador Grátis Erik Têndoro Blog: Junho 2011

15 de junho de 2011

Sai do muro!

Havia um grande muro separando dois grandes grupos.


De um lado do muro estavam Deus, os anjos e os servos leais de Deus.

Do outro lado do muro estavam Satanás, seus demônios e todos os humanos que não servem a Deus ou que são infiéis.


E em cima do muro havia um jovem indeciso, que havia sido criado num lar cristão, mas que agora estava em dúvida se continuaria servindo a Deus de todo o coração ou se deveria aproveitar um pouco os prazeres passageiros do mundo.


O jovem indeciso observou que o grupo do lado de Deus o chamava sem parar:


- Ei, desce do muro... Vem pra cá! Aqui há paz e harmonia. Deus o ama. Suas promessas não falham. Deus lhe dará poder para vencer suas fraquezas...


Já o grupo de Satanás não gritava e nem dizia nada. Essa situação continuou por um tempo, até que o jovem indeciso resolveu perguntar a Satanás:


- O grupo do lado de Deus fica o tempo todo me chamando para descer e ficar do lado deles. Por que você e seu grupo não me chamam e nem dizem nada para me convencer a descer para o lado de vocês?


Grande foi a surpresa do jovem quando Satanás lhe respondeu:


- É porque o muro é MEU.



Related Posts with Thumbnails

6 de junho de 2011

A maneira que algumas igrejas tratam Jesus

O vídeo abaixo serve para refletirmos a cerca do Jesus pregado em muitos lugares. Existem poucos convites ao arrependimento do pecador, mas constante incentivo para que o povo faça barganhas com Jesus. É só oferecer uma oferta e sair na mesma hora com a benção na mão. No entanto, o evangelho de Jesus e o seu sacrifício na cruz são muito mais que isso.
É preocupante a comercialização da fé através de falsas igrejas, ou melhor, de empresas vestidas de igrejas. Fica o alerta, não devemos buscar apenas as mãos de Jesus, e sim buscá-lo por inteiro, não devemos ir ao encontro de Jesus em busca apenas de melhorias nessa vida, pois a sua maior promessa é a vida eterna.

ORA VEM SENHOR JESUS!!!

Abraço
Deus abençoe sua vida
Erik Têndoro



Related Posts with Thumbnails

2 de junho de 2011

Casamento Real X Real Casamento

O casamento Real é o casamento de príncipes ou princesas normalmente cerimônias milionárias, coberto de luxo e extravagâncias dadas apenas a alguns afortunados.

O Real casamento é composto por um homem e uma mulher, que podem ou não, ter uma bela cerimônia, porém são unidos em um verdadeiro amor.

Poderiamos também falar do casamento movido pelo REAL, ou melhor, pelos REAIS, quando acabasse os REAIS acaba-se o casamento. (rsrs..) Mas melhor deixar esse pra outro dia.

Podemos concluir que o verdadeiro casamento é composto por:

HOMEM + AMOR + MULHER.

A bíblia afirma que "DEUS É AMOR" I Jo. 4.8.

Sendo assim um casamento só é real quando Deus esta no meio dele, trazendo para o casal o verdadeiro amor de Deus.

Por isso a bíblia nos dá em Cristo o modelo do verdadeiro amor:

Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela, Efésios 5:25

Com base em tudo que escrevi acima, faço uma pergunta, Você vive um Real casamento ou um casamento de mentintirinha?

Guarde a resposta pra você! Na dúvida consulte no texto abaixo de como se porta o amor.

O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.
Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;
Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade; ICO 13.4-6

Meu pai Gilmar que é casado com minha mãe Regina a mais de 30 anos me mandou um texto que me inspirou a escrever esse post. Leia e seja inspirado também.

Abraço
Que o Deus do verdadeiro amor te abençoe.
Erik Têndoro


Um famoso professor se encontrou com um grupo de jovens que falava contra o casamento.
Argumentavam que o que mantém um casal é o romantismo e que é preferível acabar com a relação quando este se apaga, em vez de se submeter à triste monotonia do matrimônio.

O mestre disse que respeitava sua opinião, mas lhes contou a seguinte história
- Meus pais viveram 55 anos casados. Numa manhã minha mãe descia a escada para preparar o café e sofreu um enfarto.

Meu pai correu até ela, levantou-a como pôde e quase se arrastando, a levou até à caminhonete.
Dirigiu a toda velocidade até o hospital, mas quando chegou, infelizmente ela já estava morta.

Durante o Velório, meu pai não falou.
Ficava o tempo todo olhando para o nada.
Quase não chorou.

Eu e meus irmãos tentamos, em vão, quebrar a nostalgia recordando momentos engraçados.
Na hora do sepultamento, papai, já mais calmo,
passou a mão sobre o caixão e falou com sentida emoção :

- Meus filhos, foram 55 bons anos...
Ninguém pode falar do amor verdadeiro se não tem idéia do que é o compartilhar a vida com alguém por tanto tempo.

- Fez uma pausa, enxugou as lágrimas e continuou :
- Ela e eu tivemos juntos muitas crises.

Mudei de emprego, renovamos toda a mobília quando vendemos a casa e mudamos de cidade.
Compartilhamos a alegria de ver nossos filhos concluírem a faculdade, choramos um ao lado do outro quando entes queridos partiam.
Oramos juntos na sala de espera de alguns hospitais, nos apoiamos na hora da dor, trocamos abraços em cada Natal, e perdoamos nossos erros...

Filhos, agora ela se foi e eu estou contente.
E vocês sabem por quê

Porque ela se foi antes de mim e não teve que viver a agonia e a dor de me enterrar, de ficar só depois da minha partida. Sou eu que vou passar por essa situação, e agradeço a Deus por isso.

Eu a amo tanto que não gostaria que sofresse assim...
- Quando meu pai terminou de falar, meus irmão e eu estávamos com os rostos cobertos de lágrimas. Nós o abraçamos e ele nos consolava, dizendo :

- Está tudo bem, meus filhos, podemos ir para casa.


E por fim o professor concluiu :

- Naquele dia entendi o que é o verdadeiro amor.
Está muito além do romantismo, e não tem muito a ver com erotismo, mas se vincula ao trabalho e ao cuidado a que se professam duas pessoas realmente comprometidas.

Quando o mestre terminou de falar, os jovens universitários não puderam argumentar.
Pois esse tipo de amor era algo que não conheciam.

O verdadeiro AMOR se revela nos pequenos gestos,
no dia a dia e por todos os dias.
Related Posts with Thumbnails

Pesquisar no blog